Viagem no Uganda

Venha conhecer um dos países mais encantadores de África. Uganda é o último reduto dos gorilas-da-montanha e guardião de alguns dos segredos melhor guardados desse continente. Descubra porque lhe chamam a Pérola de África

Viagem Uganda leão Viagem Uganda leão
Africando

Safari Overlanding

O melhor do Uganda

Essa viagem no Uganda revela-nos um dos maiores tesouros de África.
Normalmente fora dos roteiros mais comerciais de África e longe das multidões, esse país possui algumas das paisagens mais impressionantes e regiões mais valiosas para a conservação da biodiversidade desse continente.

É aqui que se encontra o último reduto dos gorilas da montanha, a atração principal para os que visitam o Uganda. Porém o Uganda é muito mais que isso! Nestse país encontramos a maior concentração de chimpanzés e diversidade de primatas ou de aves em África.
Mas, acima de tudo, iremos explorar algumas das regiões mais remotas do Uganda e mergulhar na rica cultura de um povo extremamente acolhedor. Essa hospitalidade é a verdadeira razão pela qual esse país é conhecido pela Pérola de África.

Uma viagem no Uganda é, sem dúvida, uma experiência única e inesquecível para qualquer amante de natureza e aventura.

Porque fazer a viagem no Uganda

Essa viagem é repleta de experiências únicas que só esse país africano nos oferece, seja pelo contato com sua população famosa pela sua hospitalidade, como na proximidade com os gorilas-de-montanha na Floressa Impenetrável de Bwindi e os chimpanzés na Floressa de Kibale. Exploramos esse país ainda distante dos destinos turísticos mais comerciais do continente africano.

  • Destino seguro

  • Região pouco explorada

  • Enorme diversidade de paisagens e de animais

  • Autenticidade e hospitalidade do seu povo

  • Melhor viagem para observar gorilas-da-montanha

  • Fácil acesso

Melhor época para a viagem ao Uganda

A época recomendada para realizar uma viagem a essa região é em Janeiro, Fevereiro e nos meses de Verão

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez

Pontos de Interesse

O que iremos visitar no Uganda

Poucas regiões em África oferecem tanta diversidade em uma só viagem. Entre muitos outros, esses são alguns dos pontos altos dessa nossa viagem:

Floressa Impenetrável de Bwindi

O Uganda alberga a maior população de gorilas-de-montanha do mundo e cerca de metade reside aqui na Floressa de Bwindi. Sem dúvida o melhor lugar para observar essa espécie ameaçada no seu habitat natural.
Essa floresta úmida de altitude localizada na cadeia montanhosa dos vulcões de Virunga é património da UNESCO e impressionante por si só devido à sua singularidade ecológica e biodiversidade.

Floressa de Kibale

É o lar da maior população de chimpanzés do mundo e da maior diversidade de primatas em África com 13 espécies diferentes. Essa floresta alberga ainda 370 espécies de aves, um paraíso para os fans de birdwatching.
A caminhada pela floresta é uma experiência única onde poderemos também observar os elefantes da floresta.

Parque Nacional Queen Elizabeth

Esse parque em pleno equador é conhecido pela sua diversidade de ecossistemas e pelos leões trepadores de árvores. Com uma enorme diversidade de paisagens que incluem extensas savanas, florestas úmidas, lagos e pântanos formados pelas centenas de crateras vulcânicas, é o principal destino turístico do Uganda mas ainda longe de ser um local sobrelotado.

Lago Vitória

Logo à chegada ao Uganda, em Entebbe, percebemos a majestosidade do maior lago de África e o segundo maior lago de água doce do mundo. É um verdadeiro mar partilhado por 3 países que oferece o sustento a milhões de pessoas e é o lar de muitas culturas, tradições e lendas.
Com inúmeras praias, ilhas e florestas à sua volta,  é também o elemento vital para vários ecossistemas na região.

Grande Vale do Rift

Nenhum outro lugar ao longo do Grande Vale do Rift atinge a magnitude de paisagem como aqui nessa região.
Esse fenómeno geológico é o resultado de um levantamento tectónico que resultou nas mais altas montanhas de África com picos cobertos de neve em pleno equador, em centenas de crateras de vulcões, alguns ainda activos, ou até mesmo nos grandes lagos Vitória, Albert, Eduard ou Kivu. Um lugar verdadeiramente excepcional.

Canal de Kazinga

O Canal de Kazinga mede 32 kms e liga o Lago Edward ao Lago George. Esse curso de água é conhecido por albergar uma das maiores concentrações de hipopótamos de África e de atrair uma enorme diversidade de animais que todos os dias descem até às suas margens para beber. Por essa razão, um passeio de barco pelo canal é uma experiência única e talvez a melhor oportunidade para avistar uma das espécies de aves mais icónicas e raras do mundo: a cegonha bico de sapato.

Próximas Edições

Edições Agendadas

Escolha a edição da sua viagem e faça o seu pedido de reserva.

Entraremos em contacto com você posteriormente para acertamos a marcação da viagem.

Gostava de viajar noutra data?
Personalize a sua viagem!
2025
12 Jan - 21 Jan

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 19.750 por pessoa
Reservar Viagem
2025
02 Mar - 11 Mar

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 15.380 por pessoa
Reservar Viagem
2025
15 Jun - 24 Jun

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 19.750 por pessoa
Reservar Viagem
2025
06 Jul - 15 Jul

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 15.380 por pessoa
Reservar Viagem
Próxima Edição
Anunciada Brevemente
Estamos a preparar a próxima edição desta viagem.

Gostaria de viajar em outra data?

Não temos uma edição que se enquadre no seu calendário?

Temos a possibilidade de criar uma viagem à sua medida.

Data que gostaria de marcar a viagem:
Viagem Uganda 10 dias - itinerário Classico

Itinerário da Viagem

O planejamento de cada dia da sua viagem.
  • Dia 1
    Entebbe, o Lago Vitória

    O nosso primeiro dia é destinado a receber os viajantes no Aeroporto Internacional de Entebbe, seguido de transportr para o lodge onde iremos pernoitar a primeira noite. O líder de viagem irá fazer uma apresentação sobre os aspectos mais relevantes da viagem, um breve resumo dos dias seguintes e esclarecer quaisquer dúvidas que possam surgir.
    Teremos ainda tempo para passear nas margens do Lago Vitória e de conhecer a face mais moderna e desenvolvida do Uganda em Entebbe, contrastante com o ressante país rural.

    Alojamento: Airport Guest House (ou similar)

  • Dia 2
    Floressa de Kibale, o tesouro do Uganda

    No nosso primeiro dia partiremos de Entebbe, após o café da manhã, em uma viagem de carro de entre 4 a 5 horas até à floresta de Kibale. Pelo caminho iremos parar na vila tradicional de Mubende para almoçarmos um dos pratos tradicionais de estrada.

    Essa exuberante floresta tropical tem a mais fascinante diversidade de animais. O Parque Nacional de Kibale é uma das mais belas e impressionantes florestas do Uganda que é o lar do maior número de chimpanzés em África. Tem ainda 12 outras espécies de primatas que vivem aqui, além de 70 espécies de mamíferos e mais de 375 espécies de pássaros. É possível também avistar os famosos elefantes da floresta.
    Um verdadeiro tesouro no coração de África, resultado de muitas décadas de intensos esforços de conservação.

    Alojamento: Kibale Forest Camp (ou similar)

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 3
    Floressa de Kibale, à descoberta dos chimpanzés

    Dia 3
    Floressa de Kibale, à descoberta dos chimpanzés

    Hoje, a caminhada para avistar chimpanzés é a principal experiência em Kibale. Tem início na sede do parque todos os dias pelas 9:00, onde cada grupo recebe um guia local que nos leva pela floresta adentro procurando os chimpanzés, outros macacos, aves, e muitos outros seres e plantas interessantes desse eco sistema fascinante. É uma curta viagem de 10 minutos até ao ponto de partida dessa excursão a pé, onde receberá uma introdução detalhada e começará o dia inesquecível que tem pela frente, seguindo os passos dos chimpanzés. O tempo passado na floresta com um guia pode levar de 3 a 4 horas, das quais uma hora será dedicada a observar um grupo de chimpanzés.

    Alojamento: Kibale Forest Camp (ou similar)

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 4
    Parque Nacional Queen Elizabeth, da floresta à savana

    Uma viagem relativamente curta de carro leva-nos da floresta para a savana na parte norte do Parque Nacional Queen Elizabeth, onde passaremos dois dias em safari nessa famosa área selvagem do Uganda.

    Pelo caminho passamos pela pelo campo das crateras, uma região conhecida pelas dezenas de lagos de crateras de vulcões inativos. Há vários lagos de tamanhos e características diferentes. Alguns lagos são seguros para nadar, com avistamentos frequentes de macacos colobus brancos e pretos, sendo Nyinambuga um dos lagos mais populares, com sua imagem impressa no verso da nota de 20.000sh de Uganda.
    Chegaremos a Queen Elizabeth Bush Lodge por volta do meio dia. No final da tarde, faremos um passeio de carro em safari pela savana do parque em busca dos animais dessa região como os leões, elefantes, kobs de Uganda e, se tivermos sorte, o leopardo.

    Alojamento: Queen Elizabeth Bush Camp (ou similar)

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 5
    Canal de Kazinga, a surpresa da viagem

    Esse dia é dedicado a um passeio de carro pelas planícies de Queen Elizabeth, com milhares de kobs ugandenses, leões, elefantes e galinhas d’angola correndo pelas pastagens, etc.

    O programa de hoje também inclui uma das melhores experiências da viagem: um passeio de barco ao longo do Canal de Kazinga, permitindo contemplar um verdadeiro espetáculo da natureza. Esse curso de água que liga os lagos George e Edward, atrai inúmeros animais às suas margens constituindo um ecossistema único. Do conforto e segurança do barco podemos avistar os elefantes a tomar banho no rio, os búfalos a pastar, dezenas de hipopótamos e crocodilos a aquecer ao sol, e muitos grupos de babuínos, macacos colobus brancos-e-pretos e macacos vervet. Tudo isso com os milhares de pássaros de várias cores e feitios que voam à nossa volta.
    Um cenário verdadeiramente inesquecível!

    Alojamento: Queen Elizabeth Bush Camp (ou similar)

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 6
    A Floressa Impenetrável de Bwindi

    Pela manhã, partiremos de Queen Elizabeth para Bwindi ao longo de uma estrada acidentada mas por uma bela paisagem chamada de “Suíça da África”. Passamos por montanhas, colinas, vilarejos e lagos com terraços cultivados e floresta tropical. A vista é verdadeiramente impressionante com os vulcões de Virunga como pano de fundo. Ao chegar ao lodge teremos um delicioso jantar à nossa espera.

    Com 321 km2, o Parque Nacional da Floressa Impenetrável de Bwindi tem um grande impacto em termos de conservação da vida selvagem, protegendo sobretudo mais de 450 gorilas-das-montanhas, cerca de metade da população mundial dessa espécie. Além dos gorilas, o parque conta com 120 espécies de mamíferos, incluindo antílopes e elefantes da floresta, e mais de 350 espécies de aves. É considerada uma das áreas de maior diversidade biológica do planeta e está entre as florestas tropicais mais antigas e variadas de Uganda, com mais de 25.000 anos e quase 400 espécies de flora. O parque tem um paisagismo espetacular, repleto de exuberantes florestas de bambu e árvores centenárias enormes.

    Alojamento: Gorilla Leisure Lodge

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 7
    Bwindi, os gorilas da montanha

    Hoje a tão aguardada e inspiradora experiência de conhecer os gentis gigantes de Bwindi! Depois de um café da manhã bem cedo, começaremos a emocionante caminhada pela floresta.
    É impossível dizer quanto tempo levará a caminhada (o clima, as condições da trilha e a distância que os gorilas percorreram podem afetar a duração da caminhada), às vezes 2 horas e às vezes 8 horas. Mas, sem dúvida, tudo valerá a pena, pois você poderá observar os gorilas de perto no seu habitat natural enquanto eles comem, descansam e brincam.
    Esses gorilas vivem em essado completamente selvagem e apenas algumas famílias de gorilas estão habituadas a aproximação de pessoas. Além disso, Rushaga é o único setor em Bwindi que oferece experiência de ambientação de gorilas, com as famílias Bikyingi e Bushaho atualmente passando pelo processo.  É uma verdadeira caminhada e recomenda-se estar em boa forma física.

    Pela tarde, se ainda tivermos tempo, várias outras atividades podem ser realizadas no local, como a experiência cultural com o povo Batwa e conhecer a aldeia local.

    Alojamento: Gorilla Leisure Lodge

    Alimentação incluída: Café da manhã, almoço na floresta (estilo pic-nic) e jantar

  • Dia 8
    Lago Mburo

    No início da manhã, partimos em direção ao nosso destino, o Lago Mburo. Pelo caminho, passamos pelo Lago Bunyonyi, o lago mais profundo do Uganda e com uma história riquíssima. Não é de surpreender que a estrada seja a favorita dos turistas e dos habitantes locais.

    O Parque Nacional do Lago Mburo é o menor dos parques nacionais do Uganda mas de uma paisagem linda com antigas rochas metamórficas que datam de mais de 500 milhões de anos. É o lar de 350 espécies de aves, além de zebra, impala, eland, búfalo, oribi, leopardo, hipopótamo, hiena, topi e chango.

    No caminho da estrada principal até ao lodge, passamos pelas comunidades Bahima que pastam o gado Ankole pacificamente ao lado de manadas de zebras. Os pastores Bahima da área ainda levam uma vida tradicional e são excelentes guardiões da natureza e de sua biodiversidade.
    Animais como zebras, facocheiros, impalas e antílopes são comuns nos arredores do lodge e costumam se reunir no charco de água localizado abaixo da área de refeições.

    Alojamento: Rwakobo Rock Lodge (ou similar)

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 9
    Entebbe

    De manhã cedo, após o café da manhã, sairemos para um safári a pé. Essa é a melhor época do dia para caminhar no parque em busca de animais. Após essa atividade e um brunch, faremos a estrada de regresso a Entebbe. Pelo caminho, faremos uma parada na linha do Equador para almoçar, tirar fotos e comprar lembranças.

    Chegamos ao nosso lodge a meio da tarde, onde iremos descansar um pouco antes do jantar de despedida.

    Alojamento: Airport Guest House (ou similar)

    Alimentação incluída: Café da manhã e jantar

  • Dia 10
    Regresso a casa

    É o dia da despedida. Iremos organizar os transladoes para o aeroporto consoante os horários de partida dos viajantes.
    Aqueles que ainda têm algum tempo disponível, podem aproveitar para descobrir um pouco melhor Entebbe.

    Vemo-nos brevemente em um outro qualquer lugar em África!

    Kwaheri rafiki

O que está incluso na viagem

  • Alojamento 9 noites em lodge

  • Transporte durante todo o percurso

  • Translados de/para o aeroporto nos dias de check-in e check-out da viagem

  • 9 cafés da manhã + 1 almoço + 7 jantares

  • Acompanhamento 24h durante toda a viagem com guia certificado em Português (excepto em algumas datas de viagem)

  • Guia certificado e com cursos de Primeiros Socorros em TSP e Wilderness First Responder.

  • Diversos guias locais.

  • Todas as entradas e taxas turísticas nos locais a visitar:
    – Parque Nacional Kibale Forest
    – Parque Nacional Queen Elizabeth
    – Floressa Impenetrável de Bwindi
    – Parque Nacional Lago Mburo

  • As seguintes atividades:
    – Caminhada com chimpanzés em Kibale
    – Safaris no Parque Nacional Queen Elizabeth
    – Passeio de barco no Canal de Kazinga
    – Safari no Parque Nacional Lago Maburo
    – Caminhada no Parque Nacional Lago Mburo

  • Seguro de viagem

O que não está incluso na viagem

  • Voos internacionais

  • Visso de entrada no Uganda ($50 USD)

  • Tracking dos Gorilas (770$)

  • Atividades não incluídas no programa ou descritas como Extra | Opcional

  • Alimentação não especificada

  • Translados de/para o aeroporto

  • Outros transportes de cariz pessoal

  • Despesas pessoais e gorjetas

Próximas Edições

Edições Agendadas

Escolha a edição da sua viagem e faça o seu pedido de reserva.

Entraremos em contacto com você posteriormente para acertamos a marcação da viagem.

Gostava de viajar noutra data?
Personalize a sua viagem!
2025
12 Jan - 21 Jan

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 19.750 por pessoa
Reservar Viagem
2025
02 Mar - 11 Mar

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 15.380 por pessoa
Reservar Viagem
2025
15 Jun - 24 Jun

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 19.750 por pessoa
Reservar Viagem
2025
06 Jul - 15 Jul

Viagem à Pérola de África

  • 12 vagas
  • R$ 15.380 por pessoa
Reservar Viagem
Próxima Edição
Anunciada Brevemente
Estamos a preparar a próxima edição desta viagem.

Gostaria de viajar em outra data?

Não temos uma edição que se enquadre no seu calendário?

Temos a possibilidade de criar uma viagem à sua medida.

Data que gostaria de marcar a viagem:
FAQ

Perguntas Frequentes

  • Que outras informações relevantes?

    A inscrição e confirmação para essa viagem deve ser feita com a maior antecedência possível, uma vez que o número de passes diários para entrada na floresta de Bwindi para a experiência com os gorilas é muito reduzido e esgota sempre com vários meses de antecedência.

    Confirmação da viagem sujeita ao mínimo de 5 participantes.
    Para pack individual, viagem privada ou datas diferentes, por favor contactar.

  • É uma viagem sustentável?

    Na seleção dos nossos parceiros de alojamentos e serviços para essa viagem demos preferência aos operadores locais de menor dimensão e com maior impacto na economia local e criação de postos de trabalho locais ou àqueles que participam ou apoiam diretamente programas locais de conservação da natureza e desenvolvimento social.

    Ao viajar conosco está também a apoiar o nosso programa “Um por Todos“.

  • É possível adicionar mais alguns dias ou outros destinos?

    Sim, claro que é possível prolongar a sua essadia pré ou pós viagem e até combinar com outros destinos.
    Essa viagem combina perfeitamente com uma extensão ao país vizinho, Quênia.

    As nossas sugestões:
    Viagem ao Quênia, Tanzânia & Zanzibar 17 dias
    Curso de Ecologia e Conservação em Masai Mara

    Só terá de nos comunicar com a maior antecedência possível e teremos todo o gosto em adicionar mais conteúdo à sua viagem.

  • É necessário visso para entrar no Uganda?

    Sim, os viajantes têm obrigatoriamente de solicitar um visso para entrar no Uganda. Devem solicitar o visso online com antecedência com o custo de 50 dólares.

    Website para solicitar visso: https://visas.immigration.go.ug/
    O processo é bastante rápido e intuitivo.

  • É seguro viajar no Uganda?

    O Uganda é um país bastante seguro.
    Todos os lugares que visitamos e os alojamentos inclusos no itinerário são criteriosamente escolhidos tendo em conta um conjunto de condições, nomeadamente a segurança.
    Viajar nesses destinos apresenta os riscos habituais de viajar em países em desenvolvimento.

    O líder de viagem e os guias locais com quem trabalhamos são pessoas devidamente certificadas para orientar grupos em áreas com vida-selvagem africana e com bastate experiência nos locais onde actuam.

    No 1º dia será feito um briefing com o líder de viagem para falar de todos os aspetos que merecem especial atenção.

  • É uma viagem exigente fisicamente?

    Essa viagem não apresenta desafios exigentes em termos de condição física. As caminhadas que realizamos nas Floressas de Bwindi ou Kibale têm alguma exigência técnica devido ao piso normalmente escorregadio mas são de curta duração, curta elevação e assegurando todas as condições de segurança.
    Não é, de todo, necessária uma grande forma física ou jovialidade para participar em todas as experiências incluídas nessa viagem.
    É, no entanto, uma viagem com alguma intensidade, alguns quilómetros na estrada e despertares matutinos, o que pode gerar algum cansaço. Por experiência, após o 3º dia toda a gente entra no ritmo.

  • Pode-se realizar essa viagem em qualquer época do ano?

    Sim, se pode. No entanto, de um modo geral, a época das chuvas é uma época complicada para se transitar em África devido às más condições de circulação nas estradas e às imprevisibilidades que podem surgir.
    Também durante a época das chuvas os animais tendem a dispersar devido à abundância de água e torna-se mais difícil observá-los durante os nossos safaris.
    No caso específico do Uganda, por ser uma região equatorial, é úmido e chuvoso praticamente todo o ano. Existe uma janela temporal reduzida para se realizar essa viagem com menores probabilidades de chuva, que é em Fevereiro e entre Junho e Setembro.

    Todas as viagens que organizamos têm como objetivo proporcionar a melhor experiência possível aos nossos viajantes. Por isso, recomendamos que certas viagens se realizem em épocas específicas do ano durante as condições ideais em cada um dos destinos escolhidos, para que verdadeiramente possam apreciar o melhor que essas regiões têm para oferecer.

  • Que cuidados de saúde devo ter nessa viagem?

    Recomendamos todos os viajantes a fazer a Consulta do Viajante com antecedência. Temos uma parceria com a Clínicaconsultadoviajante.com onde poderá usufruir de uma redução de preço de 10% através de utilização do código “GOAFRICANDO”.

    É obrigatório levar com você o certificado de vacinação contra a febre amarela para entrar no Uganda.
    A profilaxia contra a malária é normalmente recomendada porém não é obrigatória para efeitos de entradas nos países.
    Os viajantes devem trazer também o seu próprio pequeno kit de primeiros socorros, com a medicação básica necessária. Caso tome alguma medicação regular, aconselhamos a levar o necessário para toda a essadia, pois pode não ser fácil encontrar esses medicamentos nas farmácias locais.

  • Como são os alojamentos durante a viagem?

    O preço indicado é por pessoa, em quarto duplo ou twin com banheiro privado, partilhado com outro viajante.
    Os viajantes que viajam em casal poderão solicitar, durante o processo de reserva, quarto duplo (1 cama de casal) em vez de twin (2 camas individuais).

    Podemos personalizar ainda mais o seu alojamento em viagem nas seguintes condições abaixo descritas:

    Existe a possibilidade de realizar a viagem em regime individual. Se assim desejar, poderá solicitá-lo durante o processo de reserva. Será cobrado um valor adicional.

    Existe a possibilidade de antecipar ou prolongar a essadia. Se assim desejar, poderá solicitá-lo durante o processo de reserva. Será cobrado um valor adicional.

  • Como são as deslocações durante a viagem?

    Os meios de transporte serão sempre privados tanto para translados de aeroporto como durante o ressante itinerário.

    As deslocações ao longo da viagem estão inclusas conforme descritas no programa de viagem e terão a assistência do guia ou de um membro de staff.

    No dia anterior a cada deslocação será feito um pequeno briefing pelo guia com a confirmação da hora de saída e com toda a informação necessária para a sua organização

    Ocasionalmente iremos usar outros meios de transportes como barco nalgumas experiências.

  • Como são as refeições durante a viagem?

    A maioria das refeições estão inclusas no valor da viagem e serão realizadas nos alojamentos. As refeições que não estiverem inclusas, quando possível, serão feitas em ressaurante, por conta própria. Nesses dias em que as refeições não estão inclusas, sugerimos os melhores ressaurantes locais.

    O planejamento das refeições será comunicado diariamente durante o briefing.

    A água potável será fornecida durante toda a viagem, pelo que recomendamos trazer uma garrafa reutilizável, assim evitamos acumular garrafas de plástico ao longo do caminho e ajudamos a reduzir nossa pegada ecológica em África.

  • Como são organizados os translados de/para o aeroporto?

    Os translados estão inclusos e serão previamente organizados de acordo com os horários dos voos dos viajantes

  • Quanto dinheiro devo levar para a viagem?

    É aconselhável levar cerca de 200 USD para despesas pessoais, pois enquanto os dólares americanos são aceites em praticamente todo o lado, os Reais dificilmente são aceites nesses países. Trocar Reais por moeda local tem uma taxa de câmbio geralmente mais penalizada do que trazer o equivalente em dólares logo do Brasil.
    Deve trazer preferencialmente notas de diferentes quantias (notas de 20, 50 e 100) e certificar de que as notas de dólar foram emitidas a partir de 2009, uma vez que não serão aceites notas anteriores a essa data. Ao receber o troco em Shillings poderá utilizá-los ao longo da viagem.
    Existem ATMs em quase todas as cidades ao longo do caminho e essa é, sem dúvida, a maneira mais fácil de obter moeda local e também a maneira mais segura para evitar ter de levar muito dinheiro em em umerário com você. No entanto, lembre-se que sempre que fizer um levantamento, terá possivelmente que pagar uma comissão ao banco. Normalmente as comissões de levantamento são bastante superiores às de pagamentos com cartão.
    Os principais cartões de crédito podem ser usados nos lodges, supermercados ou ressaurantes. Algumas lojas mais pequenas poderão não aceitar cartões.

  • Há alguma idade mínima ou máxima para me inscrever?

    A idade mínima para realizar essa viagem é 14 anos e devidamente acompanhado/a por, pelo menos, um dos progenitores ou um tutor responsável.
    Não existe idade máxima para realizar essa viagem. Apenas se recomenda que os participantes tenham uma razoável condição física e espírito de aventura.

Para mais informações, consulte a página de Perguntas Frequentes.
Borda do Footer
Africando 2024 © Todos os direitos reservados
Open chat
Olá,
Obrigado por contactar a Africando.
O meu nome é Pedro Quirino e irei ajudar a encontrar sua viagem perfeita em África.